Primeira adoração simultânea. Neste domingo às 17h (hora de Roma) todo o mundo rezará e adorará junto com o Papa

ReligionenLibertad.com

Primeira adoração simultânea. Neste domingo às 17h (hora de Roma) todo o mundo rezará e adorará junto com o Papa

ReL – 29 maio 2013 – religionenlibertad.com

Em 2 de junho católicos de todo o mundo rezarão e adorarão ao mesmo tempo, em um acontecimento histórico porque até agora nunca foi feito assim; rezar de forma simultânea.

Será uma hora de adoração diante da Eucaristia e o ponto central será a basílica de São Pedro. As catedrais de todo o mundo se unirão à oração do Papa Francisco.

O arcebispo Rino Ficihella, presidente do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização, afirma: “Será histórico porque as catedrais de todo o mundo durante uma hora estarão sincronizadas com a hora de Roma e estarão em comunhão com o Papa na adoração Eucarística. Temos tido uma adesão intensa a esta iniciativa que se estende além das catedrais e tem envolvido as conferências episcopais, as paróquias, congregações religiosas, especialmente os conventos de clausura e as associações”.

O ato será simples, não terá discurso nem homilia do Papa mas o Vaticano oferecerá imagens da basílica de São Pedro e conectará com os países de todo o mundo. A adoração será entre as 17 e as 18 horas de Roma (16.00-17.00 GMT), no México será as 10 da manhã, na Islândia as três da tarde, na Coreia e Japão será a meia-noite, na Papua Nova Guiné a uma da madrugada, em Honolulu, será as 5 da manhã, mas todos estes lugares rezarão unidos ao Papa.

José Otávio Ruiz Arenas, o secretário do Pontifício Conselho para a Nova Evangelização assegura: “Será um grande estímulo para todos os cristãos saber que estamos rezando juntos com o Santo Padre e também pelas mesmas intenções. São duas intenções uma ´ad intra´ da Igreja: que a Igreja seja mais santa, mais pura, imaculada, e que nós cristãos sejamos expressão do amor e da misericórdia do Senhor; e depois uma ´ad extra´ que é muito querida pelo Santo Padre: devemos olhar as pessoas que sofrem e ir até as periferias existenciais”.

Desde que começou o Ano da Fé, em 11 de outubro de 2012 até hoje, uns 4,3 milhões de peregrinos participaram dos eventos especiais programados no Vaticano.

Em junho terá lugar também outro encontro multitudinário: a Jornada Evangelium Vitae, sobre a defesa da vida, que terá seu ponto central na Missa presidida pelo Papa na praça de São Pedro no domingo 16 de junho.

Gostou desse artigo? Comente-o com teus amigos e conhecidos:
http://www.religionenlibertad.com/articulo.asp?idarticulo=29431

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s